Dúvidas relacionadas à suspensão da menstruação

por | setembro 30, 2018

Muito se fala sobre as granes conquistas das mulheres na sociedade, mas algumas coisas não mudam por mais que esses avanços sejam benéficos. Cólicas, TPM, mal estar nos dias de sangramento, entre outros fatores, continuam sendo exatamente iguais há anos e anos atrás. Mas, como uma mulher do mundo moderno, que trabalha, estuda, tem marido, filhos ou mesmo é independente e realiza inúmeras tarefas vai conseguir conciliar tudo isso em um dia daqueles, cheia de dores e desconforto? Por isso, muitas optam pela suspensão da menstruação, facilitando o dia a dia e tendo mais qualidade de vida.

Quando é indicado suspender a menstruação?

Alguns médicos recomendam a suspensão da menstruação em casos como:

ü  TPM

ü  Cólicas fortes

ü  Mioma

ü  Endometriose

ü  Cisto no ovário

Mioma, endometriose e cisto no ovário são mais comuns do que se imagina e para que o tratamento deles seja bem sucedido é necessária a suspensão da menstruação.

Vale lembrar que esse procedimento só deve ser feito com autorização do seu ginecologista, afinal cada caso é um caso e cada organismo reage de maneiras diferentes. Para muitas mulheres suspender o sangramento pode ser uma ótima alternativa, já para outras, que têm problemas com coagulação, por exemplo, não é recomendável.

Como suspender a menstruação

Existem várias maneiras de suspender a menstruação, é importante realizar os exames solicitados pelo médico para saber qual deles é o mais indicado para você e como ele deve ser feito.

ü  Anticoncepcionais sem interrupção

Uma das formas mais econômicas – e conhecidas – de todas é emendar as cartelas do seu anticoncepcional. Quando terminar uma já começa tomar a outra sem dar a pausa de 7 dias, desta forma não haverá sangramento

ü  Injeção

As injeções também são conhecidas pelas mulheres, elas podem ocorrer todos os meses ou a cada três meses. Ela é composta de hormônios que liberam gonadotrofinas, desta forma a produção dos hormônios responsáveis pela menstruação não serão produzidos e a mulher não menstruará.

ü  Implantes subcutâneos

Esse é um dos métodos menos conhecidos pelas mulheres, mas tão eficaz quanto os demais. Funciona da seguinte forma: um pequeno implante é realizado no antebraço perto do cotovelo, essa região não recebe muito sangue, desta forma, durante três anos, ele liberará pequenas quantidades de hormônio e a mulher suspende a menstruação.

ü  SIU

Não é o DIU, é o SIU. Este método é implantado pelo seu médico e, durante cinco anos mais ou menos, ele liberará hormônios impedindo a gravidez e também o fluxo menstrual.

O tempo dessa suspensão de menstruação deve ser recomendado pelo médico, dependendo do método escolhido ele deve ser renovado de ano em ano, já alguns deles demoram mais tempo. Por isso, é imprescindível uma consulta ginecológica para que o seu caso seja avaliado e se há realmente necessidade de suspender a menstruação.

Muitas mulheres optaram por isso e passaram a ter mais disposição, menos cólicas, menos problemas. Converse com seu médico e, juntos, busquem uma solução para o seu caso. Sua saúde sempre em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *