Doenças

O que são os pólipos e os hemangiomas

Alguns termos são bem conhecidos entre as mulheres, mais especificamente entre as mamães, mas sempre surge situações inesperadas em que é preciso recorrer a mais informações e tratamentos.

Os pólipos e os hemangiomas podem ocorrer em qualquer idade e são mais corriqueiros do que se pensa, mas será que você sabe exatamente o que são? Sintomas e tratamentos?

Para acompanhar mais detalhes, veja abaixo as informações:

Pólipos, o que são?

Talvez seja um pouco difícil identificar ou mesmo explicar sobre os pólipos, mas pode-se dizer que pólipos são dilatações anormais nas mucosas de um órgão oco, ou seja, aqueles órgãos que têm espaço dentro, na camada interior pode haver proliferação e causar projeções. Em resumo, é como se fosse uma protuberância nos órgãos, como por exemplo, no útero.

Essas pequenas alterações podem surgir de tamanhos diferentes, afinal os pólipos ocorrem devido ao crescimento dos tecidos de forma irregular e podem evoluir para o câncer, por isso, se já houve casos na família é indispensável exames de rotina para avaliar sua saúde e saber se há pólipos e recorrer ao tratamento quando necessário.

Quando localizado próximo ao útero (endométrio e no colo do útero) pode causar infertilidade, pois impedem a passagem do espermatozoide e a fecundação do óvulo.

Hemangiomas, o que são?

Os hemangiomas são bem conhecidos entre as mamães, normalmente o bebê nasce com essa machinha e com o passar do tempo vai sumindo. Mas, existem os hemangiomas que surgem no útero e podem ser diagnosticados com ultrassonografia.

O hemangioma é o acúmulo de vasos sanguíneos na pele ou em alguns órgãos, é bem comum surgir no rosto, couro cabeludo e peito, não é contagioso e pode sumir conforme a criança for crescendo, normalmente até os 5 anos de idade ele já desapareceu, em alguns casos no máximo até os 12 anos.

Já no caso dos hemangiomas internos é preciso acompanhamento medico, ele não se torna câncer, mas se crescer muito pode chegar a sangrar e trazer algumas complicações para a mulher.

Sintomas

Na maioria dos casos (tanto de ocorrência de pólipos quanto de hemangiomas) os sintomas não são graves. Vale lembrar que existe vários tipos de pólipos, bem como vários tipos de hemangiomas, ambos se manifestam em lugares diferentes e, por isso, podem apresentar sintomas diferentes também.

Nos casos em que há hemangiomas ou pólipos no útero é possível que haja cólica, afinal o útero vai contrair para tentar expelir esse elemento, o que ocasionará em dor.

Tratamento

Em ambos os casos (pólipos e os hemangiomas) será necessário a realização de exames solicitados pelo médico para avaliar qual é o melhor tratamento e quanto tempo poderá ser feito.

O primeiro cuidado é identificar o local em que há a anormalidade e depois avaliar o estado do paciente, após todos os itens identificados o médico receitará o medicamento correto para o paciente de acordo com a sua necessidade.

É sempre válido lembrar que qualquer tipo de sintoma, dores e alterações no organismo não devem ser ignoradas, é preciso recorrer a ajuda médica o quanto antes para fazer o tratamento correto.

Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir