Casamento

Roteiro para você escolher o local ideal para recepção da festa do seu casamento

Roteiro para vocu00ea escolher o local ideal para recepu00e7u00e3o da festa do seu casamento

A escolha do local para realização da recepção de sua festa de casamento é um ponto muito importante durante o processo de planejamento do casamento, tanto na esfera orçamentária, como na escolha e contratação.

Esta escolha é delicada e envolve uma série de questões: o perfil dos noivos, suas preferências, o número de convidados, o que você pretende servir, duração da festa, horário da festa, tipo de música que será tocada (banda ou DJ), época do ano, clima do local e o mais importante: o valor que vocês pretendem gastar.

 

Vamos explicar melhor?

1. Defina quanto você pretende gastar com este item sem sair da sua realidade.

Em capitais, temos valores que variam de R$200.000,00 – R$4.000,00 em pontos mais centrais e locais famosos. Em cidades históricas e de grande procura turística, o valor fica entre R$20.000,00 – R$2.500,00. Em cidades menores e/ou do interior, com R$1.500,00 já é possível alugar um bom espaço.

2. Localização geográfica, condições climática e estilo. Hoje é comum, que casamentos sejam celebrados em praias, sítios, pousadas, em fazendas, no campo, em clubes, etc. No entanto, é muito importante que você conheça o clima da região, o período de chuva e a temperatura antes de fechar contrato. Isso é necessário, para você não ter surpresas desagradáveis no grande dia. No meu casamento, que aconteceu no inverno e a recepção foi feita na cidade histórica de Tiradentes, Minas Gerais, um aquecedor fez falta quando por volta das 23:00hs os termômetros marcaram 3,50C e obrigou todos os convidados a ficarem confinados na parte interna da pousada! Nossa sorte foi que a pousada era grande e ninguém ficou desconfortável, apenas sentindo frio.

3. Além do valor que pretende gastar com o aluguel, é necessário estabelecer o número de convidados. Não alugue locais que não comportem o número de convidados, pois ficará desconfortável, intransitável e deselegante. Também não alugue um local grande demais, pois vai dar a sensação de vazio.

4. A música! Você pretende contratar uma banda, um DJ ou as duas opções? Veja se o local oferece espaço para você montar palco, pista de dança, os equipamentos do DJ, etc. Verifique também se a rede elétrica suporta todos os equipamentos ligados ao mesmo tempo. Principalmente se a recepção for em alguma propriedade rural.

5. Quais são as suas preferências? É importante levar em consideração o seu perfil e o de seu noivo no momento de realizar escolhas. Assim, você aumenta as chances de fazer uma festa com a “cara de vocês”. Minha esposa e eu gostamos muito de passeios ao ar livre, natureza, cidades históricas, etc, optamos por casar em uma cidade histórica e fazer a recepção também em uma cidade histórica, em uma pousada com decoração rustica, onde servimos caldo e comida mineira, com direito a cachaça e pão de queijo. Foi show!

 

Algumas dicas para vocês encontrarem o local ideal, após definir o orçamento:

Pesquise na internet, com pessoas que vão se casar ou que já se casaram e com os fornecedores com os quais já tiveram contatos. Afinal, eles conhecem vários locais, nos quais já estiveram em outros casamentos.

– Vá a campo e procure espaços para festas e hotéis, pousadas, sítios, praias particulares, etc, que costumam ser alugadas para este fim, sempre levando em conta sua realidade financeira. Descobrimos o local ideal para realizarmos a festa de recepção de nosso casamento por intermédio de nosso fotógrafo, Beni Jr, que além de fotografo, foi um verdadeiro co-cerimonial do nosso casamento.

 

Quando terminar sua pesquisa, elabore uma lista de opções e visite os locais. Leve os seguintes tópicos em consideração para fazer sua escolha:

a) Receptividade e atendimento dos proprietários(as) do local. Quando minha noiva e eu procurávamos o local ideal para realizar nossa festa de casamento, tivemos o desprazer de conhecer uma péssima locatária, sem educação, grossa e mau humorada, que só pensava em dinheiro, e o lugar nem era “o lugar”. Optamos por adiar a data do nosso casamento religioso em um mês, vez que na ocasião, apenas este local encontrava-se disponível, e não foi alugado por ninguém. Foi uma escolha excelente, pois logo em seguida, alugamos “o lugar ideal para nossa festa” e foi tudo muito bonito.

b) Leve em consideração o que o local oferece. As vezes é mais vantajoso contratar um espaço completo e mais caro do que um local vazio, onde você terá que alugar mobiliário, material de cozinha, utensílios e decoração. No final das contas, pode sair mais caro ainda. No nosso caso, alugamos um espaço para 250 pessoas com estrutura própria para acomodar 80 pessoas assentadas. O restante da estruturas foi locado a parte, e quem administrou tudo foi a própria proprietária da pousada, foi um ótimo custo benefício e tudo ficou muito harmonioso.

c) O contrato e o pagamento. Coloque tudo que foi conversado e tratado no contrato. Observe a clausula sobre implicâncias legais em relação ao descumprimento do contrato por parte dos locatários.

Geralmente, o pagamento do aluguel é feito em 2x ou 3x, sendo uma entrada de 50% e o restante dividido. A maioria dos locatários solicita que o valores seja 100% pago até dias antes do seu casamento. Vai que a noiva ou o noivo resolvem fugir? Brincadeira! Acontece que no dia é uma loucura e todo mundo esquece de tudo.

d) Pousadas, hotéis, sítios e afins que oferecem hospedagem, colocam-se inteiramente a disposição de sua festa de casamento no dia marcado. Isso implica em você assumir todas as acomodações que possíveis hospedes ocupariam, afinal, ninguém vai querer se hospedar em uma pousada que vai recepcionar a festa de um casamento e tocará musica alta até altas horas da madrugada. Se você tiver jogo de cintura e um pouco de lábia, rapidinho ocupa todas as suítes. No meu casamento, minha noiva ofereceu os quartos para padrinhos, pessoas idosas, familiares e amigos que gostavam de beber além da conta. Com jeitinho, todos aceitaram e ficaram felizes de dormir no local da festa.

Bem, é isso que gostaria de passar para vocês! Acreditamos que com essas informações, associadas a sua criatividade e empenho em promover o casamento e festa de recepção mais bonita e especial para você, tudo vai fluir com harmonia e perfeição e você e seu noivo serão muito felizes. Boa sorte e obrigado por ler mais um artigo do Guia Saúde da Mulher.

 

Um última dica: Aproveite cada momento dos preparativos de seu casamento, é maravilhoso, único e passa muito rápido.

Click para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir