Quinze dicas para você programar sua viagem

por | maio 14, 2019

Quinze dicas para vocu00ea programar sua viagem

O Guia Saúde da Mulher, elaborou 15 dicas para você se orientar quando for planejar uma inesquecível viagem de férias.

 

Vamos as dicas:

 

1. Defina a época em que vai viajar com antecedência, sendo seis meses um bom número. Dessa forma, você vai ter tempo para organizar sua viagem e estabelecer os roteiros.

2. Se você trabalha e na sua viagem de férias, não está incluso crianças, tente marcar suas férias fora de temporada, compreendidas entre os meses de dezembro e fevereiro e junho e julho. Em épocas de temporada, tudo fica mais caro, lei da oferta e da procura.

3. Se não tem outro jeito, e o negócio é viajar na alta temporada, elabore seu roteiro de viagem com bastante antecedência e adquira seu pacote de viagens o mais rápido possível, reduzindo substancialmente seus gastos com passagens, hospedagem e serviços de translato e guia.

4. Defina o objetivo de sua viagem, ou seja, o que procura… está afim de paz e sossego, ou quer mesmo bares e uma boate a noite? Você curte a natureza ou se interessa apenas no que é moderno e atual? Digo isso para você, pois se estiver pensando em um lugar com boa música, muita gente, agito, bebida, virar a noite, etc, e for para Fernando de Noronha, vai se decepcionar.

5. Estabeleça o orçamento de sua viagem, ou seja, quanto você pode gastar em seu roteiro de viagem. Quanto antes você estabelecer este ponto, mais dinheiro poderá economizar e de melhor qualidade ou maior durabilidade ou os dois juntos terá sua viagem. Aqui vai uma dica: Eu sempre planejo duas viagens por ano. Em uma viajo com minha esposa e na outra com toda a família. Com isso, tenho 12 meses para planejar o orçamento das viagens, que geralmente acontece nos meses de janeiro ou fevereiro.

6. Existe uma relação inversa entre tempo de viagem e qualidade nos serviços de hospedagem contratados. Após estabelecer seu orçamento e ver o foco de sua viagem de férias, eleja aquilo que é mais importante: Hospedar-se em um hotel 5 estrelas e ficar 5 dias em Amsterdã, ou alugar um quarto em um albergue flutuante, muito comum na Holanda, e ficar 15 dias na cidade?

7. Mediante ao seu perfil e interesse, defina sua viagem de férias: basicamente eleja praia ou montanha, natureza ou shopping center, ficar de papo para o ar em um resort ou passear em busca da história do lugar onde se encontra, por fim, compras ou simplesmente renovar as energias.

8. Faça uma pesquisa na internet sobre o local que vai viajar e atente-se para os seguintes itens:

– Verifique o clima da região, usando dados estatísticos sobre o local e conferindo a temperatura em sites especializados.

– Cultura local: música, cozinha, costumes, moda, história, etc…, isso tudo porque se você levar um biquíni fio dental para índia, com certeza absoluta que terá problemas;

– O que tem para fazer no local;

– Transporte público: ônibus, trem, metro, taxi. Quanto custa e qual é a impressão;

– Pretende alugar um carro? Pesquise sobre o transito na cidade, preço do combustível, disponibilidade dos mapas daquele local para o GPS; Caso vá alugar um carro no exterior, veja se neste lugar a CNH é válida.

– Veja se o local tem histórico de assalto, roubos, depredação, ou seja, é violento ou calmo?

– Pesquise ainda, a infraestrutura do local: hospital, farmácia, supermercado, comunicação, bancos, operadoras de telefonia móvel, etc. São todos detalhes que podem ser checados em 5 – 10 minutos na internet. Na maioria das vezes, estes dados estão reunidos no site da prefeitura da cidade anfitriã ou sites e blogs especializados como o mochileiros.com

9. Quando for adquirir passagem aérea, se for o caso, tente fazer de forma que você chegue em seu destino antes das 12:00hs do dia de início da reserva e no dia do retorno, após as 12:00hs, assim, você não vai gastar diárias de hotel sem utilizar os serviços fornecidos.

10. Antes de adquirir um pacote de viagem em uma operadora, ligue no hotel e negocie o pacote de diárias pretendido. Caso eles não lhe ofereça desconto, veja a possibilidade de uma diária de brinde. Se for baixa temporada, veja a possibilidade de ficar em um quarto melhor pelo mesmo preço do quarto simples, afinal, o hotel estará vazio.

11. Leve apenas o que for necessário para sua viagem. Seguindo esta dica, você não paga excesso de bagagem, melhor administra suas coisas durante a viagem, o transporte fica mais facilitado e você ainda terá espaço para guardar suas compras na volta.

LEMBRETE: Se você viajar para algum local sem infraestrutura ou para o exterior, leve uma caixa de primeiros socorros, pois você não vai encontrar farmácias ou no exterior, não conseguirá comprar nem mesmo um analgésico sem receita médica, dependendo do país que estiver.

12. Elabore um cronograma de viagem. Você pode usar uma agenda, pedaço de papel, planilha do Excel, ou outro meio e escrever o que pretende fazer em cada dia do seu roteiro de viagem e qual será o custo financeiro deste roteiro. Assim você organiza seu tempo e não corre o risco de voltar endividado da viagem.

13. Vai viajar para o exterior? Providencie seus documentos e desbloqueie seu cartão de crédito internacional

– Para tirar passaporte, você vai precisar de um prazo médio de 90 dias, que pode ser maior ou menor, de acordo com a demanda da Polícia Federal;

– Visto de entrada podem ser conseguidos nas embaixadas dos países que você pretende ir. Nem toda embaixada fornece o visto. Alguns países como a Inglaterra, você viaja primeiro e quando chega no destino é que se submete a avaliação e tem seu visto emitido.

– Entre em contato com o gerente de sua conta bancária e solicite a ele que desbloqueie seu cartão de crédito internacional, para fazer compras no exterior durante a sua viagem.

14. Verifique seu cartão de vacinas. Se for viajar para exterior, principalmente Europa, é necessário que seu cartão esteja em dia e dependendo do país para o qual você vai, é necessário tomar outras vacinas que não constam em seu cartão.

15. Registre tudo que você fizer em sua viagem, em fotos, palavras, vídeos, como for possível. Dessa forma, fica mais fácil lembrar de suas aventuras após alguns anos! Isso é sempre uma prática emocionante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *