Câncer de endométrio

por | março 8, 2018

O endométrio é uma membrana e/ou tecido que reveste a parede interna do útero. É rico em vasos sanguíneos e glândulas, formadas e eliminadas todo o mês durante o período menstrual da mulher. A principal função do endométrio é de acolher e nutrir o embrião nos primeiros estágios de uma gravidez, assim oferecendo as condições ideais para que ocorra a implantação e a nutrição do óvulo que foi fecundado.

Como qualquer outra parte do corpo humano, o endométrio também está sujeito a problemas, entre eles, vários tipos de cânceres. O câncer de endométrio está entre os tipos de cânceres ginecológicos mais comum no público feminino, principalmente em mulheres  acima dos 60 anos, embora podendo ocorrer antes.

Causas do câncer de endométrio

A causa exata do câncer de endométrio ainda é desconhecida, mas sabe-se que ocorre uma mutação genética no interior das células do endométrio, que transformam as células saudáveis em células anormais. Essas células consideradas anormais se multiplicam de forma descontrola e formam uma massa, mais conhecido como tumor.

Essas células também podem invadir tecidos adjacentes, assim se espalhando para outras partes do corpo. Também há outros fatores de risco para o câncer de endométrio, entre eles podemos destacar:

Exposição a longo prazo ao estrogênio, que é produzido pelo próprio corpo;
Menstruação precoce;
Menopausa tardia;
Nunca ter engravidado;
Idade avançada;
Diabetes;
Sedentarismo
Alcoolismo
Hipertensão
Estar fazendo terapia hormonal para o câncer de mama;
Histórico familiar;

Sintomas do câncer de endométrio

Nos primeiros estágios do câncer de endométrio a mulher pode não apresentar sintoma algum, assim descobrindo a doença em um exame de rotina (por isso os exames de rotina ginecológicos são tão importantes).

Em um estágio mais avançado e/ou em mulheres na menopausa, os sintomas do câncer de endométrio podem ser:

Sangramento vaginal (costuma ocorrer entre as menstruações ou durante a menopausa);
Secreção aquosa branca ou amarelada, também podendo vir acompanhada de sangue;
Dor pélvica;
Dor durante a relação sexual;

Tratamento do câncer de endométrio

O tratamento do câncer de endométrio irá depender muito de mulher para mulher e principalmente as características da doença. Basicamente o tratamento do câncer é cirúrgico, ou seja, a retirada total do útero ou a Radioterapia, Braquiterapia, Hormonioterapia e quimioterapia.

Em alguns casos também é recomendado uma Histerectomia, que é a retirada bilateral das trompas de falópio e dos ovários. É claro que o melhor tratamento será decido em conjunto médico e paciente.

Prevenção do câncer de endométrio

Sem dúvidas a melhor forma de tratamento do câncer de endométrio é a prevenção, ou seja, combatendo os fatores de risco. Dentre as formas de se prevenir desta doença podemos destacar:

Combater a obesidade;
Ter uma alimentação saudável e equilibrada;
Praticar atividades físicas regularmente;
Evitar o consumo de tabaco e álcool;
Realizar regularmente durante a menopausa uma ultrassonografia transvaginal;

Vale ressaltar que as expectativas de cura para o câncer do endométrio quando é descoberto em estágios iniciais é de 90%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *