Cirurgia plástica para aumento das mamas – o guia que vai acabar com a sua curiosidade e tirar suas dúvidas

por | Maio 8, 2018

A procura por cirurgias plásticas nos seios, cresceram de maneira substancial no Brasil, sendo que no ano passado, 150 mil procedimentos foram feitos, sendo 30% realizado em jovens que muitas vezes trocam a viagem de 15 anos pela prótese de silicone nas mamas.

 

Você sabia?

O ato de se esculpir o corpo não é novo. Desde a idade clássica, isso é realizado, principalmente pelos romanos e egípcios.

No entanto, os últimos trinta anos ou menos foram marcados pelo desenvolvimento de técnicas cirúrgicas específicas que visam o aprimoramento das linhas do corpo humano deixando a menor quantidade de vestígios possíveis após procedimentos.

A prótese de silicone, é colocada através de um procedimento cirúrgico realizado em hospitais ou clínicas sob efeito de anestesia geral (na maioria das vezes) ou anestesia local mais sedativo. O procedimento é conhecido como mastoplastia de aumento e dura em torno de 45 minutos à uma hora e meia, dependendo da paciente e suas características.

Sempre é importante verificar se o cirurgião plástico é um médico confiável, de trabalho reconhecido e atualizado!

Atualmente, utiliza-se próteses de silicone, não mais próteses salinas, oferecendo segurança para as pacientes. Essa prótese pode ser inserida através de uma incisão submamária, ou seja, no local de transição entre a mama e o tórax, periareolar, onde a incisão é realizada acompanhando a circunferência do mamilo. A implante ainda pode ser colocado via axila ou pela cicatriz umbilical.

Outro detalhe importante, é o plano anatômico onde a prótese fica instalada: posterior à glândula mamária ou posterior ao músculo peitoral maior. Isso é decisão do cirurgião plástico que leva em consideração a anatomia da mama da mulher que terá o implante colocado na mama.

Para garantir um trabalho de qualidade, os cirurgiões plásticos utilizam suturas intradérmica com fios especiais que minimizam as chances de reações alérgicas e deixam cicatrizes discretas, que muitas vezes, acompanham as linhas naturais do corpo humano e por isso passam despercebidas.

Agora lembre-se, pois isso é regra de qualquer cirurgia: “cortou, suturou, com uma cicatriz você ficou (autor do texto)”.

Credito da imagem: http://cirurgiaplasticasaoluis.blogspot.com.br

As próteses possuem garantia vitalícia oferecida pelos melhores fabricantes contra roturas (rompimento do envólucro da peça). Recomenda-se também, que após cinco anos, uma revisão seja feita, com o objetivo de verificar se a prótese de silicone encontra-se no lugar. Tal ação também é realizada após período de amamentação. No passado se dizia que a prótese possuia validade e que de dez em dez anos precisava ser substituía. Este conceito não é mais válido.

Você está pensando em colocar uma prótese na mama? Então veja o que tem que fazer…

O primeiro passo é marcar uma consulta com um cirurgião plástico, que, mediante suas expectativas, constituição corporal, estado geral de saúde e respeitando limites físicos, fisiológicos e estéticos, irá lhe apresentar as melhores opções. Durante a consulta, todas as dúvidas podem ser tiradas, inclusive pode-se fazer testes com próteses de mostruário.

É comum que o cirurgião fotografe o antes e depois da cirurgia para que a evolução da paciente e resultado final do trabalho possam ser quantificados. Não esconda nada do seu médico, pois existem detalhes que podem influenciar no resultado da cirurgia.

Assita esse vídeo do youtube

 

É importante ter em mente, que a mastoplastia de aumento é uma cirurgia, e como toda cirurgia, possui riscos associados. Converse com o cirurgião plástico sobre isso e peça detalhes sobre tudo. Como exemplo, podemos citar que pessoas com pele de tons mais escuros possuem maiores chances de se formar queloides na cicatriz cirúrgica, o que pode interferir no resultado final do procedimento. O cigarro (tabagismo) atrapalha a cicatrização, podendo necrosar a pele ao redor da incisão cirúrgica.

Após a cirurgia, várias regras devem ser seguidas, para que tudo ocorra bem. Lembre-se que o sucesso de sua cirurgia está diretamente ligada ao trabalho do profissional médico e seu comportamento pós-cirúrgico.

Por hora, podemos dizer que atividades físicas estão proibidas, consumo de álcool e tabaco também. Após a remoção do primeiro curativo, a incisão deve ser higienizada diariamente, isso inclui lavagem com água e sabão (indicado pelo cirurgião plástico).

Existe um sutiã especial para sustentar a mama e evitar que os pontos se soltem ou que a prótese se mova nos dias que se sucedem a cirurgia. Leve-o para que possa sair do bloco cirúrgico utilizando-o.

Dica para o dia da cirurgia:

Compre uma calcinha 100% algodão para o dia da cirurgia, pois qualquer outra que tenha em sua composição outro material diferente de algodão pode dar choque na paciente devido ao sistema de aterramento do cautério (instrumento utilizado durante a cirurgia), sendo necessário removê-la.

Por fim, o pós-cirúrgico pode ser doloroso ou não, dependendo da tolerância da paciente, local de implante da prótese: abaixo da glândula ou do músculo, sendo que o primeiro local é menos doloroso e inervação local. Analgésicos funciona bem e podem manter o conforto.

Os pontos são removidos em média 15 dias após o procedimento, podendo variar para mais ou menos. Em alguns casos, utiliza-se pontos intradérmico com fio absorvível, não sendo necessário a remoção.

Utilize o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (click no link para acessar) e encontre um Cirurgião Plástico próximo a você.

FIQUE ATENTA!

Procure conversar com pessoas que já se submeteram a procedimentos cirúrgicos com este cirurgião, conheça o hospital onde a cirurgia acontecerá, converse com a equipe de infecção hospitalar para saber se o bloco cirúrgico oferece segurança, em fim, planeje sua cirurgia com cuidado e sem pressa.

Se você for alérgica a qualquer coisa, deixe isso bem claro para o cirurgião plástico e se necessário consulte um especialista e faça testes com os padrões de material que serão utilizados na cirurgia como fios e a própria prótese.

Espera-se que ao final de todo o procedimento, o aspecto seja o esperado! Contornos naturais, volume e beleza, proporcionando bem-estar para a paciente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *